Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.

2ª edição do censo Ibérico de Águia-Pesqueira Invernante passa pelo Montijo

O município apoiou voluntariamente a realização deste censo ibérico desenvolvido também na zona ribeirinha do Montijo.

O Censo Ibérico de Águia-Pesqueira ocorreu no dia 22 de janeiro de 2022 e contou com a especial participação do município do Montijo, principalmente através da atividade “Ciência Cidadã”. De forma a colaborar ativamente nesta 2ª edição especial realizada por toda a Península Ibérica, o projeto Kont´@rte-E8G e o projeto VEM colaboraram de forma voluntária na realização deste censo.

A cobertura e observação no município foi feita na zona ribeirinha do Montijo, junto ao observatório de Aves da Quinta do Saldanha. No período da manhã, das 10h00 às 13h00, juntaram-se várias pessoas para apoiar este censo realizado simultaneamente em Portugal e Espanha. A nível nacional, esta é a quinta pesquisa de terreno feita por voluntários, sendo que a última – realizada em 2019 – chegou a um total nacional de 175-196 águias-pesqueiras.

Por sua vez, esta pesquisa ibérica conta com o apoio do portal avesdeportugal.info e da Fundación Migres. Após uma boa taxa de cobertura e adesão à primeira edição realizada em 2019, juntaram-se novamente para apurar o total de águias-pesqueiras a nível ibérico. Resultante da última edição realizada, os dados recolhidos foram mais de 430 águias-pesqueiras observadas por 450 voluntários.

Este ano, os locais escolhidos para a realização do censo ibérico recaíram sobre as zonas húmidas costeiras – tais como estuários, rias e lagoas – e também as grandes albufeiras no interior. As zonas húmidas de maior dimensão – tais como a Ria de Aveiro, Vale e Estuário do Tejo, Estuário do Sado, Albufeira do Alqueva e a Ria Formosa – foram distribuídas mediante os diferentes “coordenadores de zona”.

É importante salientar que esta ave em concreto, pertencente à família Pandionidae, é observada em terreno nacional durante a época de migrações, coincidente com o inverno, em zonas húmidas do interior ou litoral. É uma ave que se alimenta, essencialmente, de peixes de porte médio e é considerada como ave de rapina grande, podendo atingir entre 52-60 cm de comprimento e 152-167 cm de envergadura.

Atualmente, é um visitante não nidificante, principalmente durante a época da passagem migratória e como espécie invernante. Pode ser também conhecido como guincho, mugeiro, pilha-peixe ou rabanho-branco.

DR_ Wilder

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo