Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia

É já a partir da próxima sexta-feira, dia 25 de agosto, e até dia 28, segunda, que estão marcadas as Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia, que expressam as comemorações à volta do Santuário da Atalaia, que para muitos é considerado o lugar mais sagrado de toda a região sul do estuário do Tejo.

As festividades, que têm como epicentro a veneração à Nossa Senhora da Atalaia, são marcadas pela presença marcante de círios ornamentados, símbolos de fé e devoção, portados pelos fiéis em procissões solenes, na maioria partindo de vários pontos distantes do distrito de Setúbal, havendo também alguns peregrinos que partem de fora do distrito.

Estes círios, portados como um testemunho de fervor, conferem uma atmosfera espiritual única ao evento, em que os crentes expressam a sua devoção. Por norma, estes peregrinos ficam alojados na freguesia da Atalaia no decorrer das festas.

Quanto ao programa, apesar da Abertura Oficial estar marcada para dia 25, é logo na quinta-feira, 24, que o Círio da Quinta do Anjo fará a sua entrada por volta das 19:30 e está já o primeiro bailarico marcado com “Os Lakota” para as 21 horas, em jeito de aquecimento.

Já dia 25, a “Abertura da Festa Grande” está agendada para as 18:30, contando com a presença das entidades oficiais convidadas e com acompanhamento musical por parte da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários do Montijo e do grupo de percussão “Batucando”. Na vertente cultural gastronómica, à mesma hora, será inaugurada a II Mostra de Vinhos, Mel e Azeite, no Museu Agrícola, situado na Rua do Cruzeiro Mor. De referir que o Museu Agrícola terá o seu horário alargado no decorrer das Festas até à meia-noite na sexta-feira e no sábado. Domingo e segunda encerra às 23:00, e a entrada será livre em todos os momentos.

Nessa mesma noite, às 21:00, inicia-se a primeira Recitação do Terço, momento sempre muito emocionante e marcante em todas as edições das Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia. A Festa prolonga-se pela noite dentro com várias atuações musicais espalhadas por diversos palcos e espaços culturais, destacando-se para a noite de 25, o espetáculo com os “SECADEGAS” na Sociedade Recreativa Atalaiense e ainda o concerto de “Los Romeros” no Palco (principal) das Festas. O Santuário encerra as portas à meia-noite.

Já no sábado, logo pelas nove horas da manhã, será celebrada a Santa Missa no Santuário enquanto, ao mesmo tempo, a imagem de Nª Sª da Atalaia parte do Montijo. São esperadas centenas de pessoas tanto para a missa como para a receção da Senhora, com chegada prevista para o meio-dia. Esperam-se também as chegadas dos primeiros Círios.

De tarde, não faltará festa e animação com diversas marchas, charangas, concursos desportivos e concertos em diversos palcos e espaços culturais, assim como nas ruas!

À noite, pelas 21 horas, volta-se a rezar o terço, mas o visitante pode contar com a continuação do que será uma tarde bem festiva pela madrugada dentro, destacando-se a atuação do DJ Pedro Ramalho (anos 80/90) na Sociedade Recreativa Atalaiense e ainda o concerto de Miguel Bravo, jovem cantor e animador, que já animou gentes por todo país, desde aniversários de associações até semanas académicas.

No domingo, dia 27, logo pelas 8 da manhã, acontece também um dos momentos simbólicos, a Lavagem da Cara na Fonte da Senhora, pelo Círio da Azóia, seguindo-se a visita aos outros Círios, partindo depois em direção ao adro do Santuário, onde terá lugar a Missa Solene, às 11 horas.

Após a Missa e até à Procissão em Honra de Nossa Senhora da Atalaia, evento principal de todo o programa e sem dúvida o mais belo e comovente, vão chegar os restantes Círios provenientes de vários pontos, alguns acompanhados por bandas filarmónicas.

Estes momentos são marcados pelo reencontro entre familiares e amigos no final de uma peregrinação que para muitos durou dias. Durante a tarde, os Círios que estiverem já melhor instalados vão a continuar a festa com almoços comunitários e bailes até ao início da Procissão Solene.

São esperadas milhares de pessoas para a Procissão que integrará todos os Círios e coletividades presentes e contará com acompanhamento das Fanfarras dos Bombeiros Voluntários de Sesimbra e do Montijo. No decorrer do cortejo, serão cumpridas as promessas dos Círios da Carregueira e do Olhos de Água. No final, terá lugar a saudação à Senhora.

No último dia, segunda-feira de manhã, há nova missa e após a tradicional Lavagem da Cara por parte de todos os Círios e posterior convívio entre os mesmos, que ocupará grande parte do dia, os Círios partem para entregar as bandeiras aos respetivos arrematadores, assinalando o fim das suas atividades.

Às 21 horas reza-se pela última vez o Terço no Santuário e da parte da noite destaca-se o concerto do “Toy”, persona famosa em todo país, autor de êxitos como “Coração Não Tem Idade” ou “Verão e Amor”, pelas 22:30. O Santuário fecha novamente portas à meia-noite, sendo que, meia hora depois, a Comissão de Festas presenteará os populares com uma sessão de fogo de artifício, seguindo-se o encerramento dos Festejos.

Estas celebrações anuais são uma forma de manter viva a tradição religiosa e cultural ao longo das gerações. A devoção é transmitida de pais para filhos, preservando a herança espiritual e fortalecendo os laços comunitários.

Assim, as Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia representam uma oportunidade para os fiéis expressarem a sua devoção à Virgem Maria e fortalecerem a sua fé e também desempenham um papel importante na preservação da herança cultural e religiosa da comunidade, reforçando a identidade do Montijo como um local onde a espiritualidade e a tradição se entrelaçam de maneira significativa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo