Natal com Vida: A exposição de artesanato solidária cuja receita ajuda bebés, mães e famílias

Natal com Vida é a exposição de artesanato que apela ao espírito solidário dos montijenses. A decorrer durante o mês de dezembro no Cinema Teatro Joaquim d’Almeida, a mostra conta com trabalhos de costura e pintura disponíveis para venda. A receita reverterá para o Centro de Apoio à Vida e irá ajudar mulheres grávidas ou com filhos recém-nascidos e famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade e desproteção social.

Esta exposição resulta do projeto entre as professoras Fernanda Quintino e Adelaide Santos, da Universidade Sénior, e o Centro de Apoio à Vida, uma valência da Santa Casa da Misericórdia do Montijo que existe desde fevereiro de 2015.

Com início em 2019, o projeto começou por ser um atelier no qual as professoras ensinavam as mães acompanhadas por este Centro a costurar e a realizar este tipo de artesanato. “Os trabalhos realizados em conjunto eram vendidos e com esse dinheiro comprávamos os bens que as mães normalmente pedem mais como fraldas, papas, leites e produtos de higiene para os bebés”, explica Carolina Alves, funcionária da Santa Casa da Misericórdia do Montijo.

“Com a chegada da pandemia as entradas na instituição ficaram limitadas, mas as professoras continuaram a fazer os trabalhos com a minha ajuda e de outras voluntárias”, afirma. Para fazer face a todas as necessidades e aos pedidos de ajuda que aumentam diariamente, Carolina procurou um modo de divulgar o projeto, vender o artesanato e angariar dinheiro.

“Contactei a Escola Profissional do Montijo e realizámos lá uma feira, em seguida surgiu esta possibilidade em articulação com a autarquia e foi disponibilizado este espaço para expor os trabalhos”, explica.

O Centro de Apoio à Vida presta auxílio a mulheres grávidas, mães com bebés recém-nascidos e famílias com dificuldades económicas ou de outro tipo. “Trabalhamos as competências parentais, as rotinas. Tentamos sempre que as crianças fiquem no seio da família biológica e que as mães tenham outras alternativas e opções ao aborto, caso não tenham condições para levar a gravidez avante. Acompanhamos ainda famílias com recursos económicos escassos e damos complementos a nível de bens. Também realizamos campanhas de sensibilização nas escolas”, explica Carolina.

Ao contrário das outras valências da Santa Casa da Misericórdia, este Centro não dispõe de acordo com a Segurança Social, não sendo financiado. “Todo o dinheiro que é investido no projeto e todo o apoio dado às famílias vem do orçamento da própria instituição”, acrescenta.

Pode ainda contribuir para este projeto ao doar os seguintes produtos: fraldas (número 2, 3, 4, 5 e 6), papas, leites e produtos de higiene para bebé como cremes para assaduras, cremes hidratantes, shampoo e soro fisiológico. As doações podem ser realizadas no Cinema Teatro Joaquim d’Almeida no horário de funcionamento da bilheteira.

Carolina está entusiasmada com a adesão dos montijenses a esta iniciativa, “a sensibilidade das pessoas tem vindo a aumentar ao longo do mês, vamos tendo cada vez mais gente. Apesar de todos os constrangimentos causados pela pandemia o saldo é positivo, nem que seja pela divulgação do projeto, já é uma vantagem”.

Pode visitar a exposição Natal com Vida de terça a sexta-feira, das 15h00 às 19h00, e aos sábados das 09h00 às 17h00.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo