Pastelaria Mimosa voltará a abrir portas ao público

SAIBA MAIS:

A famosa pastelaria Mimosa voltará a abrir portas ao público. Segundo informações que apurámos, os novos proprietários serão montijenses.

A pastelaria Mimosa fechou as portas temporariamente no primeiro confinamento como muitos outros negócios. Ninguém sabia que essa paragem temporária se tornaria definitiva, tendo a pastelaria que tinha os “melhores pasteis de nata, melhores que os pastéis de Belém”, opinião que se fazia partilhar por muitos montijenses, fechado as suas portas, sem previsão de regresso.

No entanto, alguns indícios foram surgindo de que a pastelaria poderia reabrir. Depois de muitas teorias, entre elas, que a pastelaria, situada na Rua Almirante Cândido dos Reis, teria a gerência da Nortejo, surge agora uma luz ao fundo do túnel.

O Montijo on City confirmou, junto de uma fonte, que a pastelaria vai mesmo voltar a abrir portas com uma gerência montijense, não revelando quem serão os proprietários.

O primeiro indício de que a famosa pastelaria iria abrir novamente surgiu por uma publicação feita na página Viver Montijo.

“A 3S foi a entidade escolhida pela nova gerência da lendária Pastelaria Mimosa (Montijo), como responsável pela instalação dos seus novos sistemas de segurança”,referiam na publicação.

As reações à publicação foram muitas, entre elas “Que boa noticia, bem fazia falta uma pastelaria boa. Só espero que seja com a mesma qualidade ou melhor” ou “Saudades da nossa Mimosa”, escreviam, na esperança de ser mesmo verdade.

Foi em maio de 2020 que uma das maiores referências na baixa do Montijo encerrou portas, ao fim de muitos anos de existência.

A gerência da icónica pastelaria, que foi o ponto de encontro de muitos montijenses, anunciou o encerramento através de um comunicado.

“Informamos todos os nossos clientes e amigos que iremos encerrar definitivamente enquanto sociedade gestora da Pastelaria Mimosa. É desta forma e com muita mágoa que nos despedimos de todos mas sempre com a esperança que alguém tenha vontade e capacidade para dar continuidade a um projeto que nasceu nos anos 50”, revelou a gerência, em comunicado.

No início dos anos 50, a Mimosa começou como uma Alfaiataria, com uma localização excecional, mesmo no coração do Montijo. Rapidamente tornou-se no local de encontro e lazer dos montijenses. Este facto ajudou a fidelizar clientes e acabou por fazer daquele espaço uma referência para a nossa história.

Em 1967 a Mimosa foi remodelada, tendo aumentado a sua capacidade para 100 lugares sentados.

Idálio José Ramos, António Cristino e José Cabral assumiram a posse da pastelaria em 1973. O espaço tinha como base a Doçaria Tradicional Portuguesa e é conhecida, até aos dias de hoje, pelos famosos Pasteis de Nata, Bolo-Rei, Ninhos, Guardanapos, Jesuítas e Gilas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo