Doce ou Travessura? Neste Halloween fomos conhecer a Loja do Hélder

Recorda-se de na sua infância ou adolescência visitar a Loja do Hélder quando queria comprar um fato de Halloween? Aquele fato giro que ninguém tivesse ou acessórios para decorar a sua casa nesta data em que todos os monstros saem à rua e os lobos uivam ao luar.

É certo que este Halloween é diferente dos outros, certamente terá substituído as longas noites de celebração numa discoteca pela calma de um serão de filmes acompanhados por um balde de pipocas e doces que comerá até não dar mais.

Neste Halloween damos-lhe a conhecer a história da famosa Loja do Hélder, que vende os mais diversos disfarces e figuras icónicas como bruxas malvadas e zombies.

A Loja do Hélder “começou por ser no centro do Montijo, nas Galerias Comerciais e vendia um pouco de tudo tipo trezentos, entretanto foi crescendo e passaram para uma loja de rua e aí já era mais especialidade era mais artigos de festa, foi crescendo cada vez mais e especializaram-se só em festas, havia alturas que até tínhamos que fechar por ter tanta gente”, diz Daniela, a filha dos proprietários.

O Halloween é uma tradição que começou nos Estados Unidos e consiste em as crianças baterem às portas e perguntar “doce ou travessura?”, sendo que quem abrir a porta terá que dar um doce ou receberá uma travessura, se negar dar guloseimas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo