Sarilhos Grandes: Projeto SAND aprofunda estudo sobre população

SAIBA MAIS:

O Projeto SAND – Sarilhos Grandes Entre Dois Mundos continua o seu caminho no estudo sobre a população de Sarilhos Grandes, no concelho do Montijo. As escavações arqueológicas terminaram no mês de outubro e, atualmente, a equipa está a desenvolver a investigação histórica e bio-antropológica ao espólio encontrado no interior e exterior da Ermida de Nossa Senhora da Piedade.

Nas duas sondagens realizadas foram identificados sete ossários e 21 enterramentos. O espólio arqueológico recolhido é constituído por moedas, contas de vidro, contas de osso, alfinetes, coroas fúnebres, fragmentos de cerâmica comum, vidro, azulejos hispano-árabes completos e em pequenos fragmentos, tecido, fauna (moluscos, peixes, mamíferos), entre outros.

No interior da Ermida de N.ª Sra. da Piedade foi recolhido um rosário que envolvia todo o tronco e braços de um dos enterramentos. Na sondagem do exterior da Ermida foi identificado um ossário de grande dimensão que continha mais de cem indivíduos.

Todo o material está agora a ser limpo, preservado e estudado de forma a ser caracterizada, da melhor forma possível, a população que viveu em Sarilhos Grandes ao longo dos últimos séculos. Da avaliação preliminar resulta a existência de enterramentos no local, onde veio a ser construída a Ermida, aparentemente anteriores à sua construção, no início do séc. XVI.

O projeto resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal do Montijo, a Universidade de Coimbra, a Diocese de Setúbal, entre outras entidades. A sua primeira fase teve lugar em 2008, no âmbito de uma intervenção de salvaguarda de uma empreitada da SIMARSUL, que conduziu à descoberta de 21 enterramentos dos séculos XV-XVII. Desde então, uma equipa multidisciplinar tem realizado estudos com o objetivo de obter informações acerca da dieta e das doenças da população de Sarilhos Grandes.

A nova fase do Projeto SAND (2020-2021), que está em curso, pretende aprofundar este estudo histórico, arqueológico e bio-antropológico da população ribeirinha de Sarilhos Grandes, no período medieval e moderno (séc. XII a XVIII).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo